Capítulo Dez: O Mestre da Lei

Nessa altura o Honrado Pelo mundo dirigiu-se ao Bodhisattva Rei da Medicina (Bhaishagyarâga) e, através dele, aos oitocentos grandes homens, dizendo: “Rei da Medicina, vês esta grande assembleia de imensuráveis números de seres celestiais, reis dragões, yakshas, gandharvas, asuras, garudas, kimnaras, mahoragas, seres humanos e não humanos, bem como monges, monjas, leigos e leigas, esses que procuram tornar-se ouvintes, os que procuram tornar-se pratyekabuddhas ou os que procuram a via do Buddhado? Sobre estes vários tipos de seres que na presença do Buddha ouvem um verso ou uma frase do Sutra do Lótus da Lei Maravilhosa e por um momento pensam nele com alegria eu outorgarei a todos eles uma profecia de que alcançarão anuttara-samyak-sambodhi.

O Buddha disse a Rei da Medicina: “Além disso, se após o Tathagata ter entrado em extinção existir alguém que ouça o Sutra do Lótus da Lei Maravilhosa, ainda que uma frase ou um verso, e por um momento pense nele com alegria, eu outorgo-lhe igualmente uma profecia de que alcançará anuttara-samyak-sambodhi. Ainda, se existirem pessoas que abracem, leiam, recitem, exponham e copiem o Sutra do Lótus da Lei Maravilhosa, ainda que apenas um verso, e encarem este sutra com a mesma reverência com que encarariam o Buddha, apresentando-lhe várias ofertas de flores, colares, incenso em pó, em pasta ou para queimar, palanquins de seda, estandartes e bandeiras, vestes e música, juntando as mãos reverentemente de palmas unidas, então, Rei da Medicina, deves compreender que essas pessoas já ofereceram dádivas a cem mil milhões de Buddhas e no lugar dos Buddhas cumpriram o seu grande voto, e porque se compadecem dos seres viventes essas pessoas nascem neste mundo humano.

“Rei da Medicina, se alguém perguntar que seres viventes serão capazes de atingir o Buddhado numa existência futura, deves então indicar-lhes todos esses que, no futuro, atingirão certamente o Buddhado. Porquê? Porque se bons homens e boas mulheres abraçarem, lerem, recitarem, expuserem e copiarem o Sutra do Lótus, ainda que uma frase dele, ofereceram vários tipos de dádivas ao sutra, flores, colares, incenso em pó, em pasta ou para queimar, palanquins de seda, estandartes e bandeiras, vestes e música, juntando as mãos reverentemente de palmas unidas, então essas pessoas serão olhadas com admiração e honradas por todo o mundo. Esmolas ser-lhes-ão oferecidas como seriam ao Tathagata. Deves entender que essas pessoas são grandes bodhisattvas que conseguiram alcançar anuttara-samyak-sambodhi. Compadecendo-se dos seres viventes, fizeram votos de nascer entre eles onde pudessem expor largamente e fazer distinções em relação ao Sutra do Lótus da Lei Maravilhosa. Quanto mais não será isto verdade, então, quanto àqueles que abraçaram o sutra na íntegra e lhe ofereceram vários tipos de dádivas!

“Rei da Medicina, deves entender que essas pessoas renunciaram voluntariamente às recompensas devidas pelos seus puros actos e, num tempo posterior à minha extinção, por se compadecerem dos seres viventes, nascerão neste mundo maligno para que possam expor largamente este sutra. Se um desses bons homens e boas mulheres, num tempo posterior à minha extinção, for capaz de secretamente expor o Sutra do Lótus a uma pessoa, mesmo que apenas uma frase dele, então deves saber que ele é o enviado do Tathagata. Ele foi enviado pelo Tathagata e leva a cabo o trabalho do Tathagata. Quanto mais assim não será no caso daqueles que no meio da grande assembleia expuserem largamente este sutra para outros!

“Rei da Medicina, se existisse uma pessoa má que, com a mente desprovida de bondade, aparecesse durante um kalpa na presença do Buddha e constantemente o amaldiçoasse e insultasse, a ofensa dessa pessoa seria ainda bastante ligeira, se comparada com a de alguém que proferisse ainda que apenas uma palavra má para amaldiçoar ou difamar os leigos, leigas, monges ou monjas que leiam e recitem este sutra. Esta sim, seria uma ofensa muito grave.

“Rei da Medicina, quanto a estas pessoas que lêem e recitam o Sutra do Lótus, deves entender que elas se adornam com os adornos dos Buddhas e nascem sobre os ombros do Tathagata. Aonde quer que elas vão, devem ser acolhidas com vénias, com as palmas das mãos unidas, a uma só mente, com dádivas e reverência, com respeito e louvor, flores, colares, incenso em pó, em pasta ou para queimar, palanquins de seda, estandartes e bandeiras, vestes, iguarias e música. As melhores dádivas que podem ser oferecidas a alguém devem ser-lhes oferecidas. Tesouros celestiais devem ser espalhados sobre eles, oferecidos como prendas. Porque digo isto? Porque estas pessoas deleitam-se a expor a Lei. E se alguém os ouve ainda que por um momento, atingirá imediatamente o derradeiro anuttara-samyak-sambodhi.

Nessa altura, o Honrado Pelo Mundo, desejando expor uma vez mais o sentido das suas palavras, falou em verso, dizendo:

Se pretendes seguir a via do Budhado
e ser bem sucedido na obtenção da sabedoria que vem por si mesma,
deves ser constantemente diligente a oferecer esmolas
àqueles que abraçaram o Sutra do Lótus.
Se tens o desejo de obter rapidamente
a sabedoria respeitante a todos os tipos de coisas,
deves abraçar este sutra
e ao mesmo tempo oferecer esmolas àqueles que o fazem.
Se alguém for capaz de abraçar
o Sutra do Lótus da Lei Maravilhosa,
saiba-se que tal pessoa é um enviado do Buddha
que pensa com piedade em todos os seres viventes.
Aqueles que são capazes de abraçar
o Sutra do Lótus da Lei Maravilhosa
renunciam ao seu direito à terra pura
e por compaixão para com os seres viventes nascem aqui.
Saibam que pessoas como estas
escolhem livremente onde hão-de nascer,
e escolhem nascer neste mundo malévolo
de modo a que possam expor largamente a Lei insuperável.
Vós deveis oferecer flores celestiais e incenso,
vestes decoradas com tesouros celestiais
e as maravilhosas provisões de tesouros do paraíso
como dádivas àqueles que pregam a Lei.
No mundo malévolo, a seguir à minha extinção,
se houver quem abrace este sutra,
deveis juntar as palmas das mãos em reverência
e oferecer-lhes esmolas como ofereceríeis ao
Honrado Pelo Mundo.
As iguarias mais escolhidas, tudo o que é refinado e saboroso,
junto com vestes de vários tipos,
deveis oferecer como esmolas a estes filhos de Buddha
na esperança de poderem escutar um momento da sua pregação.
Se existirem aqueles que, em eras futuras,
aceitem e abracem este sutra,
eles serão meus enviados até junto das pessoas
para levarem a cabo o trabalho do Tathagata.
Se pelo espaço de um kalpa
alguém mantiver uma mente desprovida de bondade
e com olhares furiosos insultar o Buddha,
estará cometendo uma ofensa de imensurável gravidade.
Mas se àqueles que lêem, recitam e abraçam
este Sutra do Lótus
alguém por um momento que seja dirigir más palavras,
a sua ofensa será ainda maior.
Se existir alguém que procure a via do Buddhado e durante um kalpa, unir as palmas das mãos na minha presença e recitar inúmeros versos de louvor, devido a estes louvores ao Buddha ele ganhará imensuráveis bênçãos.
Se alguém louvar e elogiar aqueles que sustentam este sutra, a sua boa fortuna será ainda maior.
Pelo espaço de oitenta milhões de kalpas, com os mais maravilhosos sons e formas, com o que é agradável ao olfacto, paladar e tacto, ofereçam dádivas aos promotores deste sutra!
Se oferecerdes dádivas deste modo e ouvirem os ensinamentos ainda que por um momento, então experimentareis alegria e boa fortuna, dizendo, “Ganhei grande benefício!”
Rei da Medicina, agora eu te direi, Preguei vários sutras, e entre esses sutras o Lótus é o principal!

Nessa altura o Buddha falou uma vez mais ao bodhisattva Rei da Medicina, dizendo: “Os sutras que eu preguei são em número de imensuráveis milhares, dezenas de milhares de milhões, entre os sutras que eu preguei, que possa pregar agora ou venha a pregar no futuro, este Sutra do Lótus é o mais difícil de acreditar e o mais difícil de compreender. Rei da Medicina, este sutra é o repositório da crux secreta dos Buddhas, não deve ser distribuído e transmitido descuidadamente para outros. Foi guardado pelos Buddhas, os Honrados Pelo Mundo, e desde os tempos passados até agora nunca foi abertamente exposto, e uma vez que o ódio e a inveja em relação a este sutra abundam mesmo quando o Tathagata está no mundo, quanto mais não será isto verdade após a sua extinção?

“Rei da Medicina, deves saber que após a extinção do Tathagata, se existir alguém que copie, suporte, leia e recite este sutra, lhe ofereça esmolas e o exponha para outros, o Tathagata cobri-lo-á com o seu manto, e ele será protegido e mantido em mente pelos Buddhas que agora estão presentes em outras regiões. Tal pessoa possui o poder da grande fé, o poder da aspiração, o poder das boas raízes, deves saber que essa pessoa se aloja no mesmo local que o Tathagata e que o Tathagata lhe afaga a cabeça com a sua mão.

“Rei da Medicina, em qualquer lugar em que este sutra seja pregado, lido, recitado, copiado ou onde um dos seus rolos exista, em todos esses lugares deveriam ser erigidas torres feitas com os sete tesouros e deveriam ser muito altas e bem adornadas. Não há necessidade de guardar aí as relíquias do Buddha. Porquê? Porque nessas torres a totalidade do corpo do Tathagata já está presente. Todos os tipos de flores, incenso, colares, palanquins de seda, estandartes e bandeiras, músicas e hinos deveriam ser oferecidos como dádivas a essas torres. E deveria ser-lhes dispensados louvores, reverências e honras. Se quando as pessoas vissem essas torres se curvassem em obediência e oferecessem esmolas, deverias então saber que essas pessoas tinham todas chegado próximo de anuttara-samyak-sambodhi.

“Rei da Medicina, supõe que existe um homem que está sequioso, procurando água. Num terreno elevado ele começa a escavar um buraco em busca de água mas vê que o solo está seco e sabe que a água ainda está longe. Porém, ele não cessa os seus esforços, e pouco a pouco nota que solo se torna mais húmido, até que gradualmente ele chega a uma parte de lama. Agora ele está determinado a prosseguir, porque sabe que tem de estar próximo de água.

“A via do bodhisattva é igual. Enquanto uma pessoa não ouviu, não entendeu e não praticou este Sutra do Lótus, deveis saber que ela se encontra ainda afastada de anuttara-samyak-sambhodi. Porquê? Porque todos os bodhisattvas que alcançam anuttara-samyak-sambhodi fazem-no, em todos os casos, mediante este sutra. Este sutra abre o portal dos meios expeditos e mostra a forma da verdadeira realidade. Este repositório do Sutra do Lótus está profundamente oculto e distante, onde ninguém o pode alcançar. Mas o Buddha, ensinando, convertendo e guiando os bodhisattvas até ao sucesso, abre-o para eles.

“Rei da Medicina, se existirem bodhisattvas que, ouvindo este Sutra do Lótus, respondam com surpresa, dúvida ou medo, então deves saber que se trata de bodhisattvas recentemente chegados ao caminho. E se existirem ouvintes que, ouvindo este sutra, respondam com surpresa, dúvida ou medo, então deves saber que se trata de pessoas de extrema arrogância.

“Rei da Medicina, se existirem bons homens e boas mulheres que, após a extinção do Tathagata, desejem expor este Sutra do Lótus aos quatro tipos de crentes, como devem eles expô-lo? Estes bons homens e boas mulheres devem entrar no quarto do Tathagata, vestir a roupa do Tathagata, ocupar o assento do Tathagata e pelo bem dos quatro tipos de crentes, expor largamente este sutra.

“O “quarto do Tathagata” é o estado mental que demonstra grande piedade e compaixão por todos os seres viventes. A “roupa do Tathagata” é a mente que é gentil e tolerante. O “assento do Tathagata” é a vacuidade de todos os fenómenos. Devemos sentar-nos aí confortávelmente e depois, com uma mente nunca indolente ou negligente, devemos, pelo bem dos bodhisattvas e dos quatro tipos de crentes expor largamente este Sutra do Lótus.

“Rei da Medicina, eu enviarei pessoas criadas por magia até outras terras para reunir assembleias para ouvir a Lei, e enviarei também monges, monjas, leigos e leigas criados por magia para ouvirem a pregação da Lei, acreditá-la e aceitá-la e nela se fixarem sem desvio. Se os pregadores da Lei estiverem num local vazio e silencioso, eu enviarei grande número de seres celestiais, dragões, espíritos, gandharvas, asuras e outros para ouvirem a sua pregação da Lei. Ainda que eu esteja noutra terra, de tempos a tempos eu tornarei possível aos pregadores da Lei verem o meu corpo. Se eles esquecerem uma frase deste sutra, eu aparecerei e apresentá-la-ei de modo a que sejam capazes de recitar o texto correctamente e na íntegra.

Nessa altura, o Honrado Pelo Mundo, desejando expor uma vez mais o sentido das suas palavras, falou em verso, dizendo:

Se desejais pôr de parte toda a indolência e negligência,
deveis ouvir este sutra.
É difícil encontrar uma oportunidade de ouvir este sutra,
e acreditar nele e aceitá-lo também é difícil.
Se uma pessoa está sequiosa e quer água
ela pode escavar um buraco no solo,
mas enquanto vê a terra seca,
ela sabe que a água ainda está longe.
Mas se pouco a pouco ela vê a terra ficar húmida e lamacenta
sabe com certeza que está próxima da água.
Rei da Medicina,
deves compreender que essas pessoas são como esta –
se elas não ouvem o Sutra do Lótus,
ficarão muito afastadas da sabedoria Búddhica,
mas se elas ouvirem este sutra profundo
que define a Lei do ouvinte,
se elas ouvirem este rei dos sutras
e depois o ponderarem cuidadosamente,
então deveis saber que essas pessoas
estão perto da sabedoria do Buddha.
Se uma pessoa expõe este sutra,
deve entrar no quarto do Tathagata,
vestir a roupa do Tathagata,
ocupar o assento do Tathagata,
encarar a assembleia sem medo
e expô-lo largamente, fazendo distinções.
Grande piedade e compaixão são o quarto.
Gentileza e paciência são a roupa.
A vacuidade de todos os fenómenos é o assento,
e aí posicionada é que deve expor a Lei para eles.
Se quando uma pessoa expõe este sutra
existir alguém que a insulte ou calunie
ou a ataque com espadas e paus, cacos e pedras,
ela deve pensar no Buddha
e por essa razão ser paciente.
Em milhares, dezenas de milhares, milhões de terras
eu manifestarei o meu corpo puro e duradouro
e durante imensuráveis milhões de kalpas
eu exporei a Lei para os seres viventes.
Se após a minha extinção
existir alguém capaz de expor este sutra,
eu enviarei os quatro tipos de crentes,
formados magicamente,
monges e monjas e homens e mulheres de pura fé,
para oferecerem esmolas e fazerem ouvir a Lei;
eles liderarão e guiarão os seres viventes,
reunindo-os e fazendo-os ouvir a Lei.
Se alguém pensar em fazer mal aos pregadores
com espadas e paus ou cacos e pedras,
eu enviarei pessoas criadas por magia
que as irão guardar e proteger.
Se aqueles que expõe a Lei estiverem sozinhos
num local vazio e silencioso,
e se nessa quietude onde não soa a voz humana
eles lerem e recitarem este sutra,
nessa altura eu manifestarei o meu corpo puro e radiante para eles.
Se eles se esquecerem de uma passagem ou frase
eu fornecê-la-ei de modo a que sejam cabais e eficazes.
Se pessoas dotadas destas virtudes
expuserem aos quatro tipos de crentes
e lerem e recitarem este sutra num local vazio,
eu permitirei que vejam o meu corpo.
E se os pregadores estiverem num local vazio e silencioso
eu enviarei seres celestiais, reis dragões,
yakshas, espíritos e outros
para formarem uma assembleia e escutarem a Lei.
Pessoas como estas deleitam-se na exposição da Lei,
fazendo distinções sem encontrarem qualquer impedimento.
Porque o Buddha os guarda e mantém em mente,
eles serão capazes de trazer alegria à grande assembleia.
Se alguém se mantiver próximo dos pregadores da Lei
rapidamente ganhará a via do bodhisattva.
Seguindo estes mestres e aprendendo com eles
ele verá Buddhas numerosos como as areias do Ganges.

41 thoughts on “Capítulo Dez: O Mestre da Lei

  1. No matter how you do it, losing weight is an individual thing. Friends can help you but they can’t lose the weight for you. You’ve got to take charge of your weight loss from the beginning if you want to get serious about losing weight. The following tips will help.

  2. Four to five servings of this fruit juice must be consumed every week to find the desired result. However, it is important to get the doctor’s opinion first before taking these oral medications because they may have bad side effects about the body.

  3. Some people, especially those running on busy daily schedules tend to use the pills to help maintain weight since they can not afford to follow all the diet programs. This is not advised. It is recommended that one seek advice from a professional in this field before using the pills. This can save one from many dangers associated with the misuse.

    The diet pills should always be taken whole. Some people tend to divide the pills to serve a longer period of time. This is not advised and can lead to ineffectiveness. If it is required that one takes a complete tablet, it means that a certain amount of the ingredients are required to achieve the desired goal. It is also recommended that one does not crush the pill and dissolve it in beverages. Chemicals found in beverages have the potential of neutralizing the desired nutrients in the pill thereby leading to ineffectiveness. The best way to take the tablets is swallowing them whole with a glass of water.

    The diet pills speed up the metabolic processes. This is the key factor that leads to the burning of all the fats in the body. This means that one passes out lots of urine, which subsequently leads to dehydration. It is imperative that the user take lots of water round the clock. This will help curb dehydration, which can lead to health problems. In addition to that, water offers the required medium for the function of the nutrients and elimination of the fats.

    When buying the review of diet pills, it is imperative that one gets the most recommended dose. People tend to compromise the quality and effectiveness of the tablets due to the variation in cost. The low priced pills depict poor quality, which means their effectiveness is not reliable. Some have also been found to cause health problems. The dose should also be taken as recommended. Over dose will not speed up the process but rather lead to complication. This will increase risk of side effects. If the taking of the pill is forgotten, do not take more to compensate for the lost time.

    The diet plan enclosed with the diet pills has also to be followed. According to the requirements, the termination of the diet must be done even with no results. This means your body is irresponsive.

  4. Writing a medical thesis or dissertation is a task done by almost all postgraduate and master’s medical students. Dissertation is derived from the Latin word disserto which means discuss. It is essential to write successful medical papers such as medicine essays and medical thesis papers. There are several reasons as to why students write medicine essays. One of the reasons is to promote enhancement of critical judgment, research skills as well as analytical skills. Moreover, medicine essay writing produce students with the ability to 4evaluate and analyze data critically.

    The initial step for writing medicine essays is to choose a topic. A writer should have at least three topics to choose from. The topic has to be interesting, feasible and relevant. It is essential to write quality medicine essay. Hence, students need to have analytical skills and perfect writing skills. The writing skills will enable them write outstanding essay papers that can be highly regarded by instructors and professors. Teachers often require a lot and expect a lot from their students in terms of medicine essay writing. for this reason, students find essay writing to be an extremely difficult task and hence resort to buying custom medicine essays.

    A custom medicine essay has to be written by professional writers who are qualified in the field of nursing. Moreover, the custom medicine essay has to be original and plagiarism free. This means that it has to be written from scratch by experts with many years experience. The many years experience should enable a writer to write any form of medical paper including medical thesis, medicine essay and even medicine research paper. Moreover, experience will enable a writer to write a medicine essay that can guarantee academic success.

    Students get custom medicine essays from custom writing company. It is essential to choose the best company so that one can get the best custom medicine essay. The best and the most reliable medicine essay writing company should have some unique characteristics such as affordability and the ability to provide original and superior quality medicine essays. The other quality is that the company has to hire expert writers who can write quality medicine essays and other types of medical papers. The essays should not only be quality but also plagiarism free and free of grammatical and spelling mistakes.

    A custom medicine essay has a similar structure to any other academic essay assignment. It has an introduction that introduces the topic and tells the reader what the essay is all about. The second section is the body that has many paragraphs supporting the main topic. Finally there is the conclusion that briefly summarizes what has been discussed in the body section of the essay. Students should choose reliable writing companies so that they can get quality custom papers on several fields such as technology, sociology and law in addition to medicine field.

    Our custom writing company is the best company that all clients should rely on when in need of any given type of medicine paper. We provide quality papers that not only plagiarism free but also original. Moreover, our custom papers are affordable and able to guarantee academic excellence at all times. All our medical papers are reliable and sure of satisfying clients at all times.

     

  5. Thanks a lot for giving everyone remarkably marvellous chance to discover important secrets from here. It really is very nice plus packed with a good time for me and my office mates to visit your web site particularly thrice in 7 days to read the latest secrets you have. Not to mention, I’m so always satisfied with your tremendous advice served by you. Certain 1 points in this post are rather the simplest we have had.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.